Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nóias&Manias

" The most courageos act is still to think for yourself. Aloud " - Coco Chanel

Nóias&Manias

" The most courageos act is still to think for yourself. Aloud " - Coco Chanel

Mezinhas caseiras contra gripes e resfriados.

29.10.18, Catarina Sousa

alimentos-anti-inflamatorios.jpg

 

Gripes e resfriados são doenças virais da época. A Diferença são os sintomas, que na gripe são muito mais intensos que nos resfriados.

Eu sou da opinião de que não só podemos, mas devemos aproveitar o poder e benefícios dos alimentos e das plantas, pode não curar mas atenua os sintomas e reduz em grande quantidade a dose de medicamentos.

Por isso mesmo decidi partilhar convosco 3 das minhas mezinhas favoritas. 

Antes de tudo devemos de beber muitos líquidos, além de nos manter hidratados ajuda a expectoração a ficar mais líquida ajudando assim a que saía mais facilmente. Por isso já sabem, muitos líquidos.

 

XAROPE DE CENOURA 

 

10223627_zIPZo.jpeg

 

Tenho de confessar que quando pequena a minha mãe tinha de me obrigar a tomar isto, para quem não gosta de coisas estremamente doces como mousse de chocolate ou de mel por exemplo ao início é complicado mas hoje em dia quando a tosse seca me ataca não dispenso esta mezinha.

Como fazer : uma cenoura média, 4 colheres de sopa de açúcar amarelo e 2 colheres de sobremesa de mel de eucalipto. Cortar a cenoura o mais fino que conseguir, juntar o mel e o açúcar e deixar repousar durante 24h. No dia seguinte podem tomar o xarope, eu tomo sempre de manhã em jejum e a noite antes de deitar.

 

CHÁ DE GENGIBRE, LIMÃO E MEL 

 

cha-gengibre-com-limao-receita.jpg

Posso ser suspeita porque adoro chás, mas este para garganta inflamada é do melhor. Possui propriedades anti-bacterianas e é rico em vitamina C que fortalece as defesas naturais do organismo. Água a ferver, com fatias de limão e gengibre raspado ou as fatias também, coar e adoçar com mel.

 

MORANGO C/ MEL

 

tratamento-mel-morango-desintoxica-pele.jpg

 

O morango é rico em Vitamina C e o mel é um forte lubrificante ajudando a reduzir a dor e inflamação. Basta triturar 6 morangos com 1 colher de mel. 

...

28.10.18, Catarina Sousa

Que dia triste este hoje. 

O Brasil perdeu, mas não foi só o Brasil que perdeu, fomos todos nós que todos os dias tentamos lutar contra o racismo, machismo, desigualdade, homofobia, sexismo, descriminação e a violência.

Não consigo perceber pessoas, juro que não por mais que tente não é este o ideal de mundo que tenho e que concebo, dá-me medo perceber que foram as pessoas que o elegeram, que quiseram que assim fosse, e que agora festejam e celebram. 

E eu que pensei que desta vez íamos ganhar, mas enganei-me.

Foda-se, pessoas. 

Outono, fica.

14.10.18, Catarina Sousa

IMG_20181014_095020.jpg

 

O Outono chegou e com ele a tristeza de algumas pessoas, umas porque é a constatação que o verão acabou outras porque as alterações do clima já se começam a sentir e ainda há quem esteja triste só porque leu já não sei a onde que o Inverno, que sucede ao Outono provoca tristeza e depressão nas pessoas e então já se estão a antecipar.

Já eu se me perguntarem qual a minha estação favorita do ano não vos sei dizer, quer dizer quando estou no verão digo que é no verão há coisa melhor do aquele sol ardente a bronzear a nossa pele, do aquela sangria fresquinha acabava de fazer, os gritos das crianças a brincar na água, as inúmeras fotos de Bikini e as jantaradas com a família e os amigos pela noite dentro e ao ar livre? 

Mas depois começa o Outono e começo a ficar baralhada, todas aquelas tonalidades entre o vermelho, laranja, bronze e castanho das folhas no chão que dão um clima romântico por onde passas, o cheirinho a castanhas assadas nas ruas, os abraços aconchegantes e ainda aqueles domingos passados no sofá com o chá e uma mantinha não há nada que pague isso.

Entretanto chega o Inverno e eu troco de novo de estação favorita, é a estação do Natal a minha celebração favorita, é a estação das prendas e do novo ano, novos ciclos encontros e desencontros já para não falar das roupas que o invernos nos traz, os casacos maravilhosos as botas estilosas que podemos pavonear na rua de novo, as chuvas e o frio que as vezes enerva mas que aconchega e principalmente a neve, que linda que é quando cai.

Depois vai passando o tempo e a Primavera começa e seduz-me completamente com todo aquele poder, a primavera é o renascer, as flores, as cores vibrantes e maravilhosas os cheiros, o clima e as frutas da época.

No final não me consigo decidir, porque eu vivo e aproveito ao máximo todas as estações que o ano me dá. E tu consegues decidir qual a tua estação? 

Quanto a ti Outono que já entraste e bem, fica por mais algum tempo, gosto de te ter comigo 🍁

Ajuda diária.

09.10.18, Catarina Sousa

LRM_EXPORT_171055673624938_20181009_080020503.jpeg

 

 

Apresento-vos os meus melhores amigos dos últimos dias.

Não sei se pela mudança de tempo, pelos hábitos alimentares que nos últimos tempos têm sido muito a base de gorduras e chocolates ou se por alguma mudança hormonal.

Só sei que parece que voltei aos tempos da puberdade. É com cada espinha que me têm aparecido não há condições.

Por isso depois de pesquisar e procurar decidi experimentar estes amigos que tanto me têm ajudado, este exfoliante diário com extrato de mirtilo e de acido salicilico um reconhecido ativo purificante, combina uma dupla ação antiborbulhas ajuda também a eliminar o excesso de sebo e ajuda a reduzir visivelmente as marcas e prevenir o seu reaparecimento e ainda este SOS que podes pôr por exemplo a noite mesmo no sitio da espinha e na manhã seguinte já quase não a vês.

Eu não sei se alguma de vocês já ultilizou e não deu resultado, mas na minha opinião estes produtos são fantásticos dão mesmo resultado. Se andam com o mesmo problema que eu usem não se vão arrepender. 

 

Obstáculos

02.10.18, Catarina Sousa

 

2018-09-25 12.48.41 1.jpg

 

Sempre me disseram que não podemos baixar a cabeça e desistir, que temos de ultrapassar os obstáculos aqueles que chegam sem avisar, aqueles que são postos por quem não nos quer bem ou simplesmente aqueles que sempre lá estiveram e nem demos conta.

Mas estes dias estive a pensar sobre isso e cheguei a uma conclusão, fui enganada. Ou se calhar melhor dizendo subestimada, ou então nem uma coisa nem outra e este é mais um devaneio do meu pensar. 

Mas o que é certo, é que a partir de hoje nunca mais vou pensar em ultrapassar obstáculos mas sim destruí-los, vocês podem estar a pensar "meu Deus que dramática" mas não, pensem lá comigo.
Ultrapassar obstáculos só me dá margem de manobra até eles aparecerem de novo e para quê andar toda uma vida a saltar quando o que eu quero mesmo é poder caminhar calmamente.
Se não destróires aquilo que te puxa, aquilo que te prende e não larga, aquilo que te deixa dar 3 passos e te faz recuar dois nunca vais sair do mesmo sitio. Vais dar voltas e voltas e daqui a 5/10/15 anos vais olhar e vais estar exatamente no mesmo lugar. 

Podes não conseguir a primeira, mas pelo menos tenta e se mesmo a segunda não resultar tens sempre a tua bengala de apoio (família, amigos, aqueles que nos amamos e que los amam) que vai tentar contigo e quando não conseguires não te deixa cair para que voltes mais uma vez a tentar.
O que nunca podes fazer, é desistir.